Dezesseis candidatos passam para segunda fase da seleção de assessor jurídico no MPF

Compartilhe:





Dos 650 inscritos no processo seletivo simplificado para assessor jurídico do 1º Ofício da Procuradoria da República no Amapá (PR/AP), 16 foram aprovados na análise curricular e convocados para a segunda fase. Os candidatos pré-selecionados receberam por e-mail, na tarde desta quarta-feira (13), a convocação e as instruções para a realização da prova discursiva. 

Prevista para esta quinta-feira (14), a prova será presencial, na sede do Ministério Público Federal em Macapá (AP). O teste contará com duas questões subjetivas relacionadas aos direitos sociais/fiscalização de atos administrativos e aos direitos das comunidades tradicionais. O candidato deve estar atento aos protocolos de prevenção contra a covid-19 previstos no edital do certame, como o uso obrigatório, no local de prova, de máscara que cubra nariz e boca. 

Atividades e remuneração – O candidato aprovado no processo seletivo deverá ter disponibilidade para início imediato das atividades. O trabalho a ser desenvolvido inclui, entre outros, a elaboração de minutas de peças processuais, administrativas e extrajudiciais, a tramitação e movimentação de processos e procedimentos e o assessoramento a membro do MPF. Com jornada semanal de 40h, a remuneração do cargo em comissão - livre nomeação e exoneração - de Assessor Nível II é de R$ 4.962,19, acrescida das vantagens e benefícios previstos em lei, e auxílio-alimentação de R$ 910.

 

Imagem: Stock Photos

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO