Sinalização com barreiras New Jersey aumenta segurança na rodovia Duca Serra

Compartilhe:





Entre os benefícios oferecidos à população com o projeto de duplicação da rodovia Duca Serra (AP-020) está o aumento da segurança no trânsito com a instalação de barreiras em concreto, sinalizadas, conhecidas popularmente como barreiras New Jersey. A via já conta com 4 Km desse tipo de muretas divisórias e deve alcançar 10 Km até o término da obra.

As barreiras são blocos construídos em concreto pré-moldado, de alto desempenho, interligadas umas às outras. Recentemente elas também ganharam delineadores - uma sinalização que auxilia o condutor a identificar os limites da pista durante a noite.

Os dispositivos estão presentes no trecho da rodovia entre o bairro Cabralzinho e a rotatória da Rodovia AP-440 (conhecida como Rodovia do Km 9). O projeto prevê que toda a extensão da Duca Serra conte com as divisórias em concreto, com exceção dos locais onde serão construídos retornos, rotatórias e canteiros centrais.

Segundo o secretário-adjunto de Transporte, Benedito Júnior, além de servirem de divisórias, em caso de acidentes elas impedem que os veículos envolvidos ultrapassem para a outra pista. Já os delineadores são eficazes para evidenciar o limite na pista entre os dois sentidos.

“É uma sinalização indispensável para a segurança em rodovias com grande fluxo de veículos, como é o caso da Duca Serra. As barreiras e os delineadores são uma forma do condutor visualizar a trajetória, principalmente durante a noite, impedindo manobras indevidas”, frisou Benedito.

Duplicação

O projeto de duplicação da Rodovia Duca Serra consta de serviços de terraplanagem, pavimentação, construção de retornos e rotatórias, ciclovia, acostamento, passarelas elevadas, sinalização e iluminação.

A obra contempla o trecho entre o 34º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), no bairro Alvorada, em Macapá, até as proximidades do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em Santana, totalizando 17 Km de extensão.

Por: Joyce Batista /  Foto: Philippe Gomes/Secom

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO