Evite aglomerações: novas medidas alteram rotina do comércio no Amapá

Compartilhe:





O governador do Amapá, Waldez Góes, estabeleceu medidas mais restritivas para o enfretamento ao COVID-19. No Decreto nº1415 estão novas regras de funcionamento do comércio. A ação é para evitar a aglomeração e circulação das pessoas.

O novo decreto reduz horário de funcionamento de supermercados e mercantis. Para isso, o chefe do Executivo estadual dialogou com empresários, que juntos entraram em um acordo para a segurança de funcionários e clientes.

“Percebemos que os mercantis viraram ponto de encontro das pessoas, gerando aglomeração e tornando propicia a disseminação do Coronavírus, que tem grande potencial de multiplicação”, disse.

Outra medida é o fechamento de motéis e transportes fluviais até o dia 3 de abril. O governador exemplificou que os países da Europa com melhores resultados de combate ao coronavírus, são aqueles que atuaram fortemente no isolamento social.

“Precisamos evitar circulação de pessoas. Peço que contribuam com nossas ações e adotem essas precauções tanto do governo, quanto das prefeituras. O objetivo é um só: evitar que mais pessoas sejam contaminadas”, afirmou Góes.

Outras atividades já haviam sido suspensas pelo Decreto nº 1414, como lojas, bares, restaurantes e lanchonetes. Todas essas providências fazem parte da estratégia para coibir a multiplicação dos casos de COVID-19. 

Para garantir que as medidas sejam cumpridas, operações das forças de segurança do Estado realizam operações. Equipes de vigilância e saúde reforçam fiscalizações e ações educativas com a população.

O cidadão pode ajudar, denunciando estabelecimentos que não estão seguindo o decreto ligando para o 190.  Também devem ser denunciadas festas ou qualquer atividade com aglomeração de pessoas.

Veja como fica o funcionamento das atividades comerciais permitidas a partir desta segunda-feira, 23:

Horário livre

  • Borracharias (podem funcionar sem aglomeração de pessoas)
  • Serviços de entregas domiciliares de alimentação

Podem abrir de 6h às 19h

  • Supermercados
  • Minibox
  • Mercantis
  • Farmácias
  • Postos de combustível
  • Distribuidoras e revendedoras de gás e água
  • Padarias
  • Açougues
  • Peixarias
  • Batedeiras de açaí
  • Casas lotéricas

Podem funcionar de 8h ás 18h (sem atendimento presencial, apenas com serviços de entrega e agendamento):

  • Oficinas automotivas (portas e grades fechadas)
  • De 6h às 14h, sem atendimento presencial
  • Materiais de construção
  • Petshops
  • Casas de ração ou insumos agrícolas
  • Autopeças e concessionárias somente para o pós-venda e entrega domiciliar

 

Por: Anne Santos /  Foto: Marcelo Loureiro/Governo do Amapá

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO