Balanço 2019: investimentos fomentam a cultura amapaense com eventos e produções

Compartilhe:





O Governo do Amapá garantiu em 2019 convênios e contratos para o desenvolvimento de projetos e eventos no estado. Um dos resultados dessas parcerias será o lançamento de 12 produções cinematográficas amapaenses, em fevereiro deste ano.

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult), cuja competência é identificar, preservar e valorizar os bens culturais, promovendo a qualificação e a inovação da produção cultural do Amapá, desenvolveu ações de fomento às diversas etapas da cadeia produtiva cultural, democratizando e popularizando o acesso ao setor. Confira aqui o balanço das ações.

Produções cinematográficas

O Núcleo de Produção Digital Equinócio (NPD) fará o lançamento, em fevereiro de 2020, das 12 produções cinematográficas que receberam fomento de R$ 1 milhão do Governo do Amapá. Foram concluídos os pagamentos de 9 obras, sendo 7 curtas (1 animação, 4 documentários e 2 ficções) e 2 telefilmes documentários licenciados pela TV Cultura.

Dos R$ 2 milhões da Agência Nacional do Cinema (Ancine), as três produções já receberam R$ 1,5 milhão, faltando apenas uma obra receber por ajustes documentais. 

Investimentos com a União

A Secult e a Fundação Palmares firmaram um convênio no valor de R$ 1,2 milhão e já lançaram editais para a seleção dos grupos que vão compor a grade de programação dos seguintes eventos:

  • Encontro de Grupos de Hip-Hop do Amapá
  • Festival de Identidade Cultura Africana nos Terreiros do Amapá
  • Festival de Capoeira

O processo está em fase final de licitação para a liberação do recurso pela Fundação Palmares. 

A Fundação Nacional das Artes também disponibilizou recursos em 2019, no valor de R$ 730 mil, para a realização do projeto Educasom (música nas escolas) e também para espetáculos teatrais nos municípios. A contrapartida do governo é de R$ 113.910,00. 

Em 2019, o Governo do Amapá conseguiu firmar com o Ministério da Cidadania e com a Secretaria Especial da Cultura um convênio no valor de R$ 3.369.731,80, com contrapartida do governo estadual de R$ 103.008,00, para a realização de:

  • I Mostra de Cinema nos Municípios
  • Premiação de agentes da cadeia produtiva da cultura e das artes, que favorecem a livre circulação de conteúdos artísticos e culturais no estado do Amapá
  • Modernização do Teatro das Bacabeiras 

Editais para artistas credenciados

A Secult investiu R$ 681.000,00 em dois editais de 2019 para pagamento de cachês de artistas credenciados para eventos estaduais e municipais. 

Convênios com municípios

O Governo do Estado firmou convênios com prefeituras para a realização de eventos e festivais que promovem a cultura local. O investimento foi de R$ 1.854.478,40, em 2019, com sete municípios. 

Em Macapá, aconteceu o projeto “Amapá de Cor e Cultura – Marabaixo a arte ancestral tradição cultural afro brasileira”, através do convênio com o Instituto Municipal de Política de Promoção da Igualdade Racial (Improir), no valor de R$ 130.000,00. 

Em Mazagão, a tradicional Festa de São Tiago recebeu o valor de R$ 692.738,40 para custear as despesas com locação de estrutura metálica (montagem, desmontagem e banheiros químicos); locação de geradores; sonorização, iluminação e trio elétrico; ornamentação e correlatos (vestuário, locação de animais, divulgação, fogos de artifícios, peregrinação da imagem, festas das crianças, serviços de terceiros e cachês artísticos).

A Prefeitura de Cutias firmou convênio com a Secult, no valor de R$ 150.000,00, para despesas com a realização do projeto denominado “XVIII Festival do Pirarucu – 2019”. 

No 25º Aniversário de Vitória do Jari – 2019, o Governo do Amapá investiu junto com a Prefeitura de Vitória do Jari, o valor de R$ 100.000,00, visando a fomentação e a valorização das ações culturais locais.

O XXVIII Festival do Abacaxi – 2019 recebeu investimento de R$ 300.000,00 pelo convênio firmado entre governo e Prefeitura de Porto Grande.

E a Prefeitura de Laranjal do Jari comemorou o 32º aniversário do município com o apoio de R$ 250.000,00 do Estado. 

O evento de Santana, denominado “Diversidade Cultural – 2019”, recebeu R$ 231.740,00 visando a fomentação e a valorização das ações culturais.

Eventos Tradicionais

Organizações da Sociedade Civil que incentivam e promovem a cultura amapaense também foram beneficiadas com convênios para a realização dos eventos tradicionais de 2019, totalizando R$ 976.615,86 em investimentos. 

A Federação de Cultos Afros Religiosos de Umbanda e Mina Nagô (Fecarumina) firmou convênio com a Secult no valor de R$ 80.000,00 para a realização do “08 de Maio – Dia Estadual dos Cultos Afros”. A federação também realizou a “Semana da Consciência Negra – 2019”, com o investimento foi de R$ 250.000,00 pelo governo. 

A Associação Cultural Amigos da Cultura (Acac) selecionou 22 propostas para a realização do projeto “Autos de Natal – 2019”. O recurso repassado foi de R$ 96.615,86.

A Associação dos Músicos e Compositores do Amapá (Amcap) recebeu o apoio financeiro de R$ 550.000,00 para a execução do “Réveillon Beira Rio – 2019/2020”.

 

Por: Henrique Borges /  Foto: Philippe Gomes/Secom

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO