SEMANA DA AMAZÔNIA: VISITANTES PRESTIGIAM PROGRAMAÇÃO NO FERIADO DE 7 DE SETEMBRO NO BIOPARQUE

Compartilhe:





Centenas de visitantes passaram pelo Bioparque da Amazônia, na última segunda-feira, 7 de setembro, feriado da Independência do Brasil, para ter contato com a flora e a fauna da região e também acompanhar a programação de encerramento da Semana da Amazônia. Devido à pandemia do novo Coronavírus, a direção adotou os protocolos de segurança sanitária e atentou para o limite de público no espaço, para evitar aglomeração.

Além das mais de trinta atrações existentes no parque, os visitantes puderam participar das feiras, exposições e oficinas dentro da programação da Semana da Amazônia. Os espaços mais procurados foram a trilha Bioaventura de esportes radicais, as exposições de animais silvestres e a Feira da Sociobiodiversidade, que comercializou produtos naturais, agrícolas orgânicos, artesanais, biojoias e plantas ornamentais, medicinais. Além disso, o visitante pôde saborear a gastronomia local.

Visitantes

“Achei esse lugar muito bacana, gostei muito daqui”, disse o marqueteiro Helton Oliveira, que veio com a esposa e o filho pela primeira vez no Bioparque da Amazônia. “Ficamos encantados com os animais”, acrescentou.

A confeiteira Mery Cardoso declarou que o Bioparque da Amazônia é mais uma opção de lazer e entretenimento disponível hoje, em Macapá. “Essa é a terceira vez que venho com a minha família aqui. Esse lugar é muito atrativo. Nada melhor neste feriado do que vir aqui ter esse contato direto com a natureza”, observou.

Avaliação

Richard Madureira, diretor-presidente do Bioparque da Amazônia, avaliou como positivo o resultado dos quatro dias de programação da Semana da Amazônia. “Na verdade, superou todas as nossas expectativas. Quero aqui agradecer aos nossos parceiros que nos ajudaram para que tudo ocorresse dentro do que foi programado”, declarou.

Nos quatro dias de programação, foram estabelecidas agendas de atividades com foco na mobilização da sociedade e, dentro da temática da Amazônia, envolver todos no processo de ajudar, cuidar, valorizar e preservar as riquezas naturais da região. “A sociedade atendeu ao nosso chamado e participou ativamente das atividades. A Feira da Sociobiodiversidade foi um sucesso, um espaço de oportunidades que deu certo. Vamos fazer outras edições desta feira, para estimular nossa produção, gera emprego e renda, com isso, fortalecendo nossa economia, mas com foco na sustentabilidade”, garantiu.

Madureira disse que o Bioparque da Amazônia é hoje o principal ponto de visitação de Macapá. O espaço é uma excelente opção para quem quer conhecer e ter contato com a rica biodiversidade amazônica. Outubro é o mês de aniversário de um ano que o Bioparque da Amazônia foi reaberto. “Já quero adiantar que vamos ter uma extensa programação para celebrar toda essa diversidade natural existente no parque”, finalizou.

 

Volnei Oliveira / Foto: Cleito Souza

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO