"Infelizmente não acabou como queríamos", diz Lucas Lacerda sobre cancelamento da NBB

Compartilhe:





Em fase final de recuperação de uma grave lesão sofrida no pé esquerdo, em 27 de janeiro, durante partida válida pelo Novo Basquete Brasil (NBB)., o amapaense, Lucas Lacerda, 22 anos, do Mogi das Cruzes Basquete, recebeu com serenidade a notícia do cancelamento da temporada 2019/2020 da NBB. A decisão foi divulgada pela Liga Nacional de Basquete (LNB) na noite desta segunda-feira (4), e teve como base a situação atual do país no combate ao novo coronavírus.

Para Lucas, a decisão foi acertada pelo momento de crise enfrentada pela saúde no país apesar de não ter sido da maneira como ele, sua equipe, e todos os envolvidos na competição queriam, que seria dentro de quadra.

- Eu acho que foi uma boa decisão pensando na saúde de todos, claro que a vontade de jogar de todos os atletas é muito grande, mas a saúde é mais importante. Infelizmente não acabou do jeito que queríamos , mas foi o melhor a fazer diante dessa pandemia - destacou o camisa 10 do Mogi Basquete.

 

 

Lucas Lacerda é armador do Mogi Basquete que disputa a NBB — Foto: Lucas Lacerda/Arquivo Pessoal

O encerramento da NBB foi definida através de videoconferência que reuniu representantes da LNB e dos 16 clubes participantes. Eles concordaram em assembléia que não havia mais possibilidade de retomar a competição a tempo e com todas as medidas se segurança necessárias. As partidas estavam suspensas desde o dia 15 de março.

 

FUTURO

 

Com a paralisação o armador de 1,80m ainda não tem futuro definido, pois, seu contrato com a equipe do interior paulista se encerra no fim desta temporada. Uma reunião entre a diretoria do Mogi Basquete e os jogadores deve acontecer nas próximas semana para definir o futuro da equipe.

 

 

Lucas Lacerda em ação durante jogo do Mogi Basquete — Foto: Lucas Lacerda/Arquivo Pessoal

 

BREVE HISTÓRICO

 

Na atual temporada, Lucas Lacerda, estava sendo um dos jogadores de confiança do técnico Guerrinha, na condução da equipe em quadra. O armador, que chegou em 2018 para integrar o elenco principal do Mogi Basquete, já tinha atuado nas categorias de base da equipe. Mas, em 2017 deixou o time e foi para o São José, clube pelo qual disputou a Liga de Desenvolvimento de Basquete naquele ano. Depois, ainda jogou a Liga Ouro pelo Brasília Búfalos, antes de voltar a Mogi das Cruzes.

Na equipe mogiana Lucas escolheu o número 10 para atuar em homenagem ao tio Feliphe Lacerda, o Amapá, que também jogou no time de Mogi das Cruzes, no início dos anos 2000, onde conquistou o vice-campeonato Paulista em 2003 e a terceira colocação no Campeonato Brasileiro 2004.

 

Fonte: https://globoesporte.globo.com/ap/noticia/infelizmente-nao-acabou-como-queriamos-diz-lucas-lacerda-sobre-cancelamento-da-nbb.ghtml / Foto: Lucas Lacerda/Redes Sociais

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO