Governo entrega 100 computadores recondicionados para escolas da rede estadual

Compartilhe:





O Governo do Amapá entregou 100 computadores para 15 escolas da rede estadual dos municípios de Macapá, Santana e Porto Grande. A cerimônia aconteceu na tarde desta segunda-feira, 24, na Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares, em Macapá.

As escolas que receberam os computadores recuperados através de parceria entre as secretarias de Estado da Educação (Seed) e Ciência e Tecnologia (Setec), foram: Alexandre Vaz Tavares (7), Esther Virgolino (10), Gabriel Almeida Café (10), Azevedo Costa (7), Gonçalves Dias (7), Rivanda de Nazaré (5), Socorro Smith (7), José de Alencar (5), Nilton Balieiro (7) e Reinaldo Damasceno (7), em Macapá; Centro de Pesca e Aquicultura (5), Centro Maria Salomé (5) e José Ribamar Teixeira (3), em Santana; e Elias Trajano (10) e Maria Cristina Botelho (5), de Porto Grande.

As máquinas são do Programa de Recondicionamento de Computadores do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTIC). Elas seriam descartadas como lixo por estarem velhas e em desuso. Entretanto, com o programa de recondicionamento, os computadores foram transformados em materiais de primeira linha.

De acordo com o secretário de Ciência e Tecnologia, Rafael Pontes, o programa contempla 610 computadores para o Amapá. Nesta primeira etapa, o Estado recebeu 150 computadores recondicionados, 100 deles foram para a Seed e os outros 50 atenderam à Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (Sims), Defensoria-Geral do Estado (Defenap) e Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas (Iepa).

“É a primeira vez que esse programa chega ao Amapá. Vamos recolher os computadores que não estão sendo utilizados nas escolas, trazê-los para um espaço de recondicionamento e em breve expandir esses equipamentos para outras unidades de ensino”, adiantou Rafael Pontes.

A secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, frisou que os computadores serão essenciais para os estudantes poderem acessar as plataformas digitais de aprendizagem, como a Escola Digital, Escola Conectada, entre outras. “Não adianta termos as plataformas sem termos os computadores para acessá-las. Os materiais ajudarão bastante nossos alunos”, pontuou a gestora.

Na oportunidade, 250 carteiras foram entregues para a escola Alexandre Vaz Tavares. Até julho, 12 mil carteiras serão distribuídas para escolas de ensinos fundamental e médio e para professores.

 

Por: Caroline Mesquita /  Foto: Erich Macias/Seed

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO