GEA conclui construção e revitalização do muro de arrimo da orla de Oiapoque






O Governo do Estado do Amapá (GEA) concluiu a construção e revitalização de 500 metros do muro de arrimo na orla do município de Oiapoque, no extremo norte, a 590 km de Macapá. Foram investidos R$ 4,6 milhões dos cofres estaduais. O muro é para conter a força do Rio Oiapoque que separa o Brasil da Guiana Francesa, o qual já estava provocando a deterioração da orla inibindo a presença de comerciantes.

A estrutura deu ‘uma nova cara’ para a frente da cidade, a qual também serve de turismo na região de fronteira com Saint-Georges, pertencente a Guiana Francesa, departamento ultramarino da França, agora também divididas pela Ponte Binacional. Com mais segurança, o local já pode receber famílias para o lazer, além de empreendedores e turistas.

Enquanto os serviços estavam em execução, os autônomos que utilizam a orla para as suas atividades econômicas eram remanejados para outro espaço, para que fosse feita a escavação, concretagem, pintura, entre outras etapas da obra.

São 26,6 mil habitantes que vivem no município, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). A orla é utilizada por diversas categorias de trabalhadores que movimentam a economia com a travessia de catraieiros, serviço de taxi e mototaxi, pesca, casas de câmbio para a troca de euro e ouro e comércio varejista com a venda de roupas, calçados e acessórios.

 

“O próximo passo é dar continuidade à revitalização da orla, no trecho em frente à prefeitura, onde faremos a reforma, construção da área de embarque e desembarque de passageiros e a colocação de guarda-corpo”, adiantou o secretário de Estado da Infraestrutura (Seinf), Alcir Matos.

Outra obra de responsabilidade do GEA e entregue à população em 2018 foi a nova Praça Municipal de Esportes Ecildo Crecêncio, revitalizada depois de 37 anos. Também construída pela Seinf o novo espaço conta com acessibilidade e urbanização, lanchonete, banheiros, academia ao ar livre, playground, arena de futebol de areia com arquibancada e cabine de transmissão, quadra para vôlei de areia, rampa de esportes radicais, dentre outros.

 

Por: Tony Briam /  Foto: Irineu Ribeiro/Secom

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO