Irmãos são inocentados de duplo homicídio ocorrido após discussão em festa no Amapá

Compartilhe:





Os irmãos Arão Moisés Cunha de Oliveira, de 34 anos, e Francisco de Oliveira Neto, de 35 anos, foram inocentados em julgamento nesta quarta-feira (4) da acusação de duplo homicídio contra Clealdo da Costa Martins e Elianne Michele Ramos Silveira, que foram perseguidos de moto e baleados na madrugada de 13 de janeiro de 2014 na Avenida Ivaldo Veras, na Zona Sul de Macapá.

Segundo a denúncia, com base em inquérito policial, Arão Moisés teria discutido minutos antes do crime com Clealdo numa casa de shows também localizada na Rodovia JK. Após o desentendimento, Clealdo deixou a boate com Elianne de moto quando foram perseguidos pelos réus, que sempre negaram o crime.

Os jurados acataram a tese de que os irmãos não participaram no crime, embora a defesa de Arão Moisés tenha confirmado que houve o desentendimento com Clealdo na boate.

Sobre o crime, o inquérito detalha que próximo ao Sambódromo, o casal foi baleado e com os disparos caiu da violentamente da moto.

Após a queda, Elianne morreu na hora em função de um traumatismo, enquanto Clealdo morreu 4 meses depois em decorrência de uma infecção generalizada no tratamento das sequelas da queda, onde teve traumatismo na coluna e paraplegia.

 

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2019/12/04/irmaos-sao-inocentados-de-duplo-homicidio-ocorrido-apos-discussao-em-festa-no-amapa.ghtml / Foto: Rede Amazônica/Reprodução

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Notcia