Vigilângia ambiental segue cronograma de atividades preventivas

Compartilhe:





O Departamento de Vigilância Ambiental de Macapá segue cronograma de atividades preventivas contra criadouros do mosquito Aedes aegypti, combate à malária e roedores. Nesta segunda-feira, 11, agentes de endemias visitaram locais que servem como criadouros de mosquitos, denunciados pela comunidade. Um flagrante foi realizado no bairro Jesus de Nazaré.

A denúncia, de uma casa abandonada com piscina servindo de criadouro, foi recebida pelo Disk Mosquito. A pessoa que reclamou informou que o imóvel está sem moradores e acumulando águas da chuva na piscina. “Nós apuramos a denúncia e enviamos uma equipe ao endereço informado, e foi constatado que o local servia de criadouro. Fizemos o tratamento larvário e iremos gerar relatório para que os órgãos competentes tomem providências”, explicou o diretor da Vigilância Ambiental, Josean Silva.

A Vigilância Ambiental trabalha com ações que buscam prevenir e controlar doenças no meio ambiente que interferem na saúde humana. Reclamações podem ser feitas por meio do Disk Denúncia: (96) 99121-1641. “Nesse momento em que vivemos, da pandemia da Covid-19, é importante manter a higiene dos quintais redobrada. Limpar e manter limpo os quintais, assim como recolher todo tipo de depósito que possa acumular água parada e se transformar em criadouro de Aedes”, reforçou o diretor.

 

Por Cássia Lima

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Notícia