Hospital de Emergências vai dobrar a capacidade de leitos com primeira etapa de ampliação

Compartilhe:





governador do Amapá, Waldez Góes, e o senador Lucas Barreto, visitaram a obra neste sábado, 27. Investimento de R$ 7 milhões é resultado de emenda parlamentar e contrapartida do Governo do Estado.
Por: Henrique Borges


O novo bloco será construído com módulos individuais, permitindo menos transtornos no local da edificação.
Na manhã deste sábado, 27, o governador do Estado do Amapá, Waldez Góes, e o senador Lucas Barreto, visitaram as obras de ampliação do Hospital de Emergências (HE). Com o trabalho finalizado, a unidade vai dobrar a capacidade de atendimento hospitalar, passando a contar com mais 86 leitos.

O projeto da primeira etapa de ampliação do HE está localizado entre a atual unidade do hospital e a antiga Vila Militar, que será demolida em partes para a construção das próximas etapas. Inicialmente terá 1.778m² de área para expansão dos serviços prestados, com um total de 86 leitos em 14 enfermarias e quatro quartos de isolamento, em dois níveis.
"Passei dois dias em Brasília e visitei os gabinetes de todos os parlamentares. Coletivamente a bancada está colocando recursos na parte de infraestrutura, saúde, segurança e o setor econômico. Priorizamos o setor de saúde em 2021, com dezenas de obras para potencializar, até o fim do ano, muitos serviços da área de assistência à saúde", explicou o governador.
 
O novo bloco será construído com a utilização de módulos individuais, que são fabricados em linha de montagem padronizada e apenas montados no local da edificação. O objetivo é ampliar o atendimento do Pronto Socorro até que o Estado conclua a construção do novo Hospital de Emergência.

"Eu e o secretário de Saúde do Amapá também estivemos debatendo em Brasília as minhas emendas para resolvermos as cirurgias, destinei quase R$ 2 milhões para cirurgias bariátricas e R$ 1 milhão para cirurgias de ostomizados. São 700 pessoas que estão nessa fila e vamos conseguir atendê-las", detalhou o senador Lucas Barreto.

Além disso, Lucas adiantou o trabalho junto com a Secretaria de Saúde do Estado para desafogar a espera por atendimentos, tendo uma parceria com a rede particular de saúde.

"Conseguimos recursos para pactuar com o Hospital São Camilo um convênio para realização de cirurgias oncológicas, que são os pacientes que têm câncer e não podem esperar", reforçou o senador Lucas Barreto. 

A previsão é que a obra de ampliação do HE seja concluída no prazo de 12 meses. Os recursos utilizados para a execução dos serviços estão orçados na ordem de R$ 7 milhões, já destinados pelo senador Lucas Barreto e com a contrapartida de 5% do governo estadual.

"Isso faz parte de uma estratégia maior na assistência à saúde, onde no Hospital de Santana está sendo investido R$ 25 milhões, no Hospital da Criança mais R$ 20 milhões e estamos construindo o complexo regulador para centralizar marcação de consulta, cirurgia, TFD, captação de órgãos e Samu. Uma demonstração clara do planejamento estratégico no setor de Saúde", concluiu o governador Waldez, adiantando o planejamento para a Saúde em todo o estado em 2021.
 

 Foto: José Baia

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Notcia

 

 

Vitrine de Ofertas!


Variados produtos e melhores ofertas aqui direto das melhores lojas online.