Casal que descumpriu quarentena e agrediu policiais no AP tem pris√£o preventiva decretada

Compartilhe:





O juiz Diogo Cabral alterou para preventiva a prisão em flagrante de um casal que descumpriu o decreto estadual que suspende atividades para limitar a circulação de pessoas nas ruas do Amapá. A ordem é medida de prevenção ao novo coronavírus.

Os dois foram presos em Santana, a 17 quilômetros de Macapá, no domingo (22) também por desacato à autoridade. A decisão assinada pelo magistrado da comarca do município levou em consideração o depoimento de um dos policiais que presenciaram o fato.

De acordo com o subtenente da Polícia Militar (PM) Nelson Castor Cordeiro, o trio estava junto de um grupo de 10 pessoas, bebendo e ouvindo som automotivo em via pública, quando foram abordados e orientados sobre a importância do decreto.

"No entanto, os flagranteados desacataram as autoridades, e negaram-se a cumprir com a medida, momento em que a equipe foi atacada com uma lata de cerveja jogada em sua direção. Foi então que o investigado proferiu palavras de baixo calão contra o policial, e lhe foi decretada a prisão por desacato", detalhou o subtenente à Justiça.

Ainda de acordo com o relato de Cordeiro, o homem resistiu a prisão e teve ajuda de duas mulheres. Uma delas, inclusive, teria dado um tapa no rosto de um dos policiais.

Uma das presas teve a liberdade provisória concedida ainda na noite de domingo. Ela será monitorada por meio de tornozeleira eletrônica e responderá por desacato à autoridade e por infringir determinação do poder público.

No momento, estão presos um homem e uma mulher. Além dos crimes citados acima, ele responderá por destruição de coisa alheia contra instituição pública e ela por ofensa à integridade pessoal.

decreto assinado pelo governador Waldez Góes (PDT), na quinta-feira (19), suspende atividades comerciais, culturais e esportivas.

Até o fim da manhã desta segunda-feira (23), o Amapá registrava 1 caso confirmado de Covid-19, 55 suspeitos e 70 descartados. No Brasil, eram mais de 1,6 mil casos confirmados e 25 mortes.

 

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2020/03/23/casal-que-descumpriu-quarentena-e-agrediu-policiais-no-ap-tem-prisao-preventiva-decretada.ghtml

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO