De saída, "DVD" é executado na porta do IAPEN






O assassinato aconteceu por volta das 6h30 desta quinta-feira, 11, o crime foi em frente ao Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), na rodovia Duca Serra. Devid André do Espírito Santo Navegante, de 33 anos, conhecido por "DVD", foi executado com seis tiros na hora que saía do Iapen para passar o dia na capital, já que cumpria pena no semiaberto.

Por esse sistema, a pena é cumprida de forma mais leve do que o regime fechado, mas que também impõe uma série de restrições aos presos. A lei exige cercas ou muros altos, portão de ferro, controle de saída – para estudar ou trabalhar pela manhã e para retornar antes das 19h.

“O Devid André foi alvejado com tiros na cabeça, peito e costas,  por isso ele não resistiu aos ferimentos”, explicou o perito criminal, Odair Monteiro.

A Polícia Militar foi acional para o local, mas não conseguiu prender os autores dos disparos.

“A vítima saia do anexo, quando foi surpreendida com disparos que partiram de dentro de um veículo da marca Fiat Uno. Após a execução, os assassinos fugiram. Nossa equipe foi chamada para o local, porém sem prisão de suspeito”, contou tenente Josiagab Oliveira do 6º Batalhão da Polícia Militar.

David cumpria pena em regime semiaberto e estava indo trabalhar. O interno respondia pelos crimes de homicídio, roubo e associação ao tráfico de drogas. Ele havia sido condenado a 20 anos de reclusão, mas atualmente já se encontrava no regime semiaberto. O mesmo foi preso em dezembro de 2014.

Por Valter Negrão/aGazeta

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO