Sistema de monitoramento garante mais segurança na UPA da Zona Norte






Para reforçar a segurança patrimonial e pessoal dos pacientes e servidores da Unidade de Pronto Atendimento (UPA Zona Norte), o governo do Estado instalou mais 24 câmeras de vídeo em alta definição, que foram colocadas em pontos estratégicos da unidade. O sistema de vigilância permitirá aos gestores, o acesso às imagens da UPA, por meio de um computador e do telefone celular, 24 horas por dia. As gravações serão disponibilizadas para visualização a qualquer momento.

O diretor da UPA, Rafael Dantas, explicou que a unidade realiza, em média, 7.500 atendimentos por mês, com serviços intermediários entre atenção básica e urgência e emergência, o que evidencia a necessidade da vigilância. "O intuito é fazer a vigilância eletrônica 24 horas por dia, a fim de garantir mais segurança aos profissionais da saúde e aos pacientes, além de evitar danos ao patrimônio público e inibir possíveis furtos", destacou Dantas.

O monitoramento será feito da sala da administração e direção da UPA. Com as imagens será possível identificar as pessoas que circulam e têm acesso às dependências internas e externas do prédio. Além da vigilância eletrônica, a UPA conta com vigilante patrimonial 24 horas e a permanência de dois policiais militares no turno da noite e ronda.

"Como a UPA fica em funcionamento ininterrupto, todos os dias, as câmeras garantirão, ainda, mais segurança para os usuários e servidores, especialmente no que diz respeito aos atendimentos durante as madrugadas. Em caso de alguma eventualidade, as imagens irão contribuir tanto para os registros dos fatos e apuração", concluiu Rafael Dantas.

Por: Poliana Tavares /  Foto: André Rodrigues

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO