Amapá compõe diretoria do Conselho Nacional de Controle Interno






O controlador-geral do Estado do Amapá, Otni Alencar, foi eleito a vice-presidente do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), no início de abril, em Porto Velho (RO). A escolha ocorreu durante a 22ª reunião técnica de controladores.

Durante o encontro foram deliberados assuntos administrativos do Conaci e pautados temas como estratégias para o fortalecimento do controle interno e o combate à corrupção. Esse foi o primeiro encontro, mais três estão previstos para ocorrer ao longo do ano.

O Conaci é uma instituição sem fins lucrativos, que congrega todas as controladorias do Brasil, nos 26 Estados e Distrito Federal. O conselho é composto por um presidente, primeiro vice-presidente, segundo vice-presidente e o Conselho Fiscal, representantes dos Estados do Pará, Rio Grande do Sul e Amapá, respectivamente.  

A disputa pelo cargo em vacância de segundo vice-presidente se deu entre os controladores do Amapá e o Ceará, aptos ao voto. Foram habilitados 19. Desses, 12 votos colocaram um representante do Amapá no conselho para o exercício das funções até dezembro de 2017, com indicativo de compor chapa para eleição de 2018.

Para Otni Alencar, o que motivou a escolha de seus pares, foi o trabalho desenvolvido na instituição. Ele apontou o Sistema de Controle Interno e a Lei de Sistema Interno Integrado que é desenvolvido no Amapá. “É uma demonstração de reconhecimento do trabalho prestado à sociedade. Temos avançado muito no Amapá e estamos, cada vez mais, na busca dos aprimoramentos”, destacou.

A próxima reunião técnica do Conaci, deverá acontecer nos dias 29 e 30 de junho, em Brasília, e o XIII Encontro Nacional ocorrerá nos dias 27 e 28 de setembro em Manaus.    

Por: Ariane Lopes

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO