Agentes públicos e privados acompanham lançamento do Programa Investe Turismo durante seminário no Amapá

Compartilhe:





O programa integra 158 municípios no país na definição de rotas turísticas e investimentos no setor do turismo

 

Márcia Fonseca

 

O Amapá recebeu nesta segunda (25), o seminário itinerante do Programa Investe Turismo. O evento realizado na sede do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae), reuniu atores públicos e privados ligados à atividade turística na apresentação de projetos do Programa Investe Turismo nacional e lançamento do Projeto Investe Turismo local.

Macapá, está entre as 30 rotas turísticas estratégicas no país, que receberão ações que vão desde o fortalecimento da governança, melhoria dos serviços e atrativos turísticos, marketing e apoio à comercialização, até a atração de investimentos e o apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento. Um programa que visa desenvolvimento, aumento da qualidade e a competitividade com foco na geração de empregos.

Para o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Amapá (CDE) e presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amapá (Faeap), Iraçu Colares, este é um assunto em foco, no qual o Amapá, não pode ficar de fora. “O turismo é de fundamental para o nosso estado. É uma indústria que não polui e que no mundo todo é dinamizada, onde o Amapá não pode ficar fora disso. O Sebrae traz esse projeto para que junto com parceiros apoiemos todos os empreendedores que são envolvidos nessa atividade”, disse Iraçu Colares.

A coordenadora Nacional do Projeto Investe Turismo do Sebrae Nacional, Germana Magalhães, destacou a importância do Investe Turismo para o estado. “O Programa vem para estruturar novos produtos e fazer a comercialização e a promoção turística. Vimos aqui que o projeto no estado está com iniciativas interessantes e que tem tudo para ser um sucesso. Macapá vai aproveitar muito bem essa oportunidade”, disse Germana Magalhães.

Como parte das ações do Seminário, o diretor Waldeir Ribeiro apresentou as ações que estão sob responsabilidade do comitê gestor estadual do programa e as rotas propostas para a cidade de Macapá, como o Território Turístico da Fazendinha, com o Eco turismo Igarapé da Fortaleza, Área de Proteção Ambiental (APA) e Praia da Fazendinha, Parque de Exposição da Fazendinha e o Bio Parque.

"Sugerimos algumas rotas que poderão integrar o programa. Nós temos um longo trabalho que depende muito das entidades, comunidade, parceiros, e essas rotas podem mudar caso não tenhamos avanços nessas parcerias e envolvimentos", declaro Waldeir Ribeiro.

Parcerias

O seminário é realizado em parceria com o Ministério do Turismo (MTur), Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Sebrae Nacional e comitê local dos estados, e voltado para pessoas ligadas ao trade turístico, formado por restaurantes, bares, guias de turismo, agências de viagens, hotéis, entidades culturais, taxistas e transportes alternativos.

“Todos os estados brasileiros são contemplados nessa primeira largada e nós pretendemos conhecer melhor, trabalhar o produto, a governança, a atração de investimento e a promoção. Este é um estado que tem um enorme potencial e muito a ganhar com o programa”, expressou o representante do Ministro do Turismo, e secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, Aluizer Malab.

A chefe de Assessoria de Gestão Estratégica da Embratur, Drica de Lucena, falou sobre a diferenciação no tratamento com o turista, e o trabalho desenvolvido pelos guias de turismo.

"Hoje a Embratur tem o papel de fazer a promoção internacional, e hoje estamos passando por uma grande revolução, a frente do nosso pais visto hoje este grande ato, o principal além da porta de entrada é o acolhimento que nós sentimentos. A comunidade os agentes de turismo, isso é o que faz. Tem agentes preocupados em acolher.

Apoio

O projeto no estado será executado pelo Sebrae Amapá e Secretaria do Estado do Turismo (Setur/AP), contará com o apoio importantíssimo da Prefeitura de Macapá (PMM) através do Instituto Municipal de Turismo (Macapatur)  e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), além de outros agentes que farão parte deste contexto no decorrer das atividades. O vice-governador do Amapá, Jaime Nunes, anunciou ações para pontos turísticos no estado e reforçou a importância da integração do Amapá, no Programa Investe Turismo.

"Precisamos mostrar para a população amapaense que estamos preparados para receber o turismo. Agradecemos o programa pela inserção do nosso estado nessas ações que aqui já foram intensamente discutidas. Não só na capital, mais nos demais municípios, principalmente os de fronteira como Oiapoque", disse Jaime.

O deputado federal, André Abdon, agradeceu ao Ministério do Turismo, por ter inserido o Amapá nas rotas a serem contempladas.

"Agradecemos muito por chegar até aqui. Nós precisamos colher os investimentos e esse início é importante, pois depois o turismo se auto sustenta. Esse incentivo precisa ser olhado com importância para que tenhamos desempenho a curto prazo, e com isso, atingir a economia, o empresariado e consequentemente toda população", declarou André Abdon.

Para a secretária de Estado do Turismo, Rosa Abdon, o estado precisava de todo esse envolvimento. "O Amapá precisa ser conhecido nacionalmente e nós estamos aqui, como fazer isso. O Sebrae como um todo, nos proporcionou esse momento único", expressou Rosa Abdon.

A presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav), Socorro Pereira, ressaltou os potenciais presentes no estado que podem fazer a diferença no desenvolvimento do programa. "O nosso estado tem um potencial muito grande, temos que nos padronizar. E esse investimento fará uma grande diferença", ressaltou Socorro Pereira.

Macapá

Representando o prefeito de Macapá, o diretor presidente do Instituto Municipal de Turismo (Macapatur), Paulo Brito, destacou a promoção, o desenvolvimento sustentável e o compromisso do município na disponibilização de recursos e de novos centros turístico na cidade.

“Macapá recebe o programa com satisfação e otimismo e deseja que suas ações resultem na geração de mais emprego, renda, inclusão social e aumento da receita de empresas existentes e de novos negócios. Hoje o município apresenta centros turísticos importantes como o Bio Parque, e futuramente o Mercado Central, e o resgaste do desfile das escolas de samba que serão de extrema importância para o fortalecimento do setor turístico em nosso estado”, ressaltou Paulo Brito.

Painel

Durante o evento, houve ainda, o painel de oportunidades de crédito e financiamento para o turismo, apresentando linhas de financiamento com os bancos de desenvolvimento, da Agência de Fomento do Amapá (AFAP) e Banco da Amazônia (Basa). Para a explanação foram convidados o superintende regional do Banco do Brasil no Amapá, Antônio Leonidas Valente Jr; gerente operacional da Afap, Martinho Felizardo Guimarães Oliveira e a gerente geral da agência Macapá do Banco da Amazônia, Joana Lima.

Atendimento

Gestores públicos e empresários tiveram um espaço dedicado a atendimentos individualizados. Com a formalização de prestadores de serviço turísticos no Cadastur; orientação do Sebrae e atendimento dos bancos de financiamento.

Autoridades

Estiveram presentes no evento, a diretora técnica do Sebrae, Marciane Santo; diretor de administração e finanças do Sebrae, Marcell Harb; secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Macapá, Richardson Régio; presidente da Federação de Turismo do Amapá (Fetur), Vantuíler Leite; presidente do Sindeventos e vice-presidente da Federação de Turismo (Fetur), Célia Brasão; comandante geral da Guarda Municipal de Macapá, Charles Willian; presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Yukio Nagano; secretário adjunto do Trabalho e Empreendedorismo, Ezequias Costa; superintendente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária em Macapá (Infraero), Ezequiel dos Santos;  secretária municipal de turismo de Pracuúba, Aline Pires; sub procurador geral da Prefeitura de Macapá, Augusto Cezar Almeida; vice-presidente do Sindicato de Bares e Restaurantes do Amapá (Sindbar), e presidente do Conselho Empresarial de Turismo da Fecomércio, Gil Marra; diretor de Relações Públicas da Associação Comercial e Industrial do Amapá (ACIA), Antônio Carlos; secretaria executiva da Setur, Ilma Mendes; gerente da Unidade de Atendimento Coletivo do Sebrae – Comércio e Serviço, Conceição Mira e a gestora do Projeto Investe Turismo do Sebrae no Amapá, Ademilce Ataíde.

 

Serviço:

Sebrae no Amapá

Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832

Central de Relacionamento: 0800 570 0800

Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br

Blog: www.sebraeap.blogspot.com.br

Twitter: @sebraeap

Facebook: /sebraeap

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO