SVS abastece prefeituras com doses extras para a vacinação contra o sarampo

Compartilhe:





A Unidade de Imunobiológicos da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) está disponibilizando de seu estoque 7,5 mil doses da vacina Tríplice Viral aos 16 municípios. As doses são para a vacinação de crianças de 6 meses a menores de 1 ano contra o sarampo, cuja mobilização começa nesta quinta-feira, 22, em todo o país.

“Todos os municípios já estão abastecidos. Essas 7,5 mil doses são para reforço enquanto aguardamos envio de remessa extra de vacinas pelo Ministério da Saúde”, informa a chefe da Unidade de Imunobiológicos da SVS, Andréa Marvão.

Além deste novo fornecimento, todas as salas de vacina já estão abastecidas com as doses de rotina, porém, segundo a SVS, o estoque do Estado já garante a imunização para os próximos dias.

Essa é uma medida preventiva para imunizar crianças que não receberam a dose extra, também chamada de “dose zero”, administrada além das previstas no Calendário Nacional de Vacinação, aos 12 e 15 meses.

Segundo a Unidade de Doenças Transmissíveis da Vigilância em Saúde do Estado, desde 1997 o Amapá não tem casos confirmados de óbito por sarampo. Em todo o Brasil, foram registrados entre maio e 10 de agosto deste ano, um total de 1.680 casos confirmados de sarampo em 11 estados.

Sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.

É recomendável que nas idades entre 1 e 29 anos cada cidadão tome duas doses. Entre 30 e 49 anos é preciso tomar apenas uma dose.

 

Por: Júlio Miragaia /  Foto: Alessandro Veloso

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO