Cresce o número de casos de AVC em pacientes com menos de 40 anos






Números do Ministério da Saúde mostraram uma situação preocupante: a do crescimento de AVC, o acidente vascular cerebral, em pacientes com menos de 40 anos.
 
O administrador de empresas Huan Carlos Ferreira ainda fala com dificuldade e tenta restabelecer a mobilidade nos braços e pernas. Ele sempre praticou esportes, nunca teve problemas de pressão, não fumava e sempre levou uma vida normal.

Até o dia em que ficou com todo o lado direito paralisado e caiu no banheiro. Ele teve um AVC.
 
O que chama a atenção no caso do Huan Carlos é que ele teve o AVC com pouco mais de 36 anos de idade. Um levantamento feito com base em dados do Ministério da Saúde mostra que, todo ano, no Brasil, 15 mil pessoas entre 15 e 39 anos de idade sofrem um acidente vascular cerebral. Isso já representa 10% do total de casos. Segundo neurologistas, o número de casos em jovens está aumentando por causa, principalmente, da falta de exercícios físicos e da obesidade.
 
A Lei Estadual nº 2078/16 que instituiu o Dia 29 de Outubro como Dia Estadual do AVC foi publicada no Diário Oficial do Estado do Amapá em Julho do ano passado. De acordo com o autor da lei, o deputado estadual Pedro DaLua, a inclusão desta data no calendário de oficial do Estado do Amapá tem por finalidade promover discussões públicas sobre o AVC, despertando na população a necessidade de valorizar as práticas saudáveis de vida, pois estes hábitos podem prevenir em até 90% os casos de AVC. O parlamentar aproveitou a oportunidade para convocar as Comissões Estaduais de Saúde de todo o Brasil a terem a mesma iniciativa, pois o AVC leva ao óbito mais de 100 mil pessoas por anos no Brasil e deve ser tratado como prioridade em todas as esferas da saúde, alertou.

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO