Usuários do Creap recebem aparelhos auditivo, próteses e órteses em drive trhu

Compartilhe:





O sonho de ter um aparelho auditivo tornou-se realidade nesta terça-feira, 20, para o servidor público Adriano Barros, 49 anos, que é usuário do Centro de Reabilitação do Amapá (Creap), vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Ele participou da primeira ação de entrega em drive thru do Creap, que além de aparelhos auditivo, também entregou próteses e órteses para os usuários que já são cadastrados e passaram por teleatendimento, antes do recebimento.

“Esse atendimento pra mim é muito significativo. Eu passei grande parte da minha vida que não conseguia ouvir praticamente nada. Minha vida escolar foi sem entender direito”, destacou Adriano Barros.

 

Agora, o servidor público ressalta que poderá melhorar os estudos e ter um melhor relacionamento com a família. Ele disse que não conseguia comprar um aparelho auditivo porque o custo é alto.  

“Foi uma vida inteira para tentar escutar e compreender. Cheguei a abandonar estudos e tive problemas em me relacionar com as pessoas. Ouvir para mim é ser incluído, desde o bate-papo da família até nos estudos”, disse.

Nesta primeira etapa do drive thru, que ocorrerá ao longo da semana, o Creap vai entregar 22 aparelhos auditivo e, por dia, 6 próteses e 6 órteses. O serviço é agendado via aplicativo WhatsApp.

O diretor do Creap, Amaury Barros, explica que os atendimentos presenciais foram reduzidos e alguns serviços de emergência são feitos de forma presencial, caso seja necessário. O drive thru foi uma das alternativas para continuidade dos benefícios.

Ele destaca que o Centro de Reabilitação tem buscado alternativas durante a pandemia para garantir os serviços, com segurança para os profissionais da Saúde e também aos usuários.

“Nós criamos a estrutura de teleatendimento e telecadastro, e agora o drive thrur, que é o atendimento do usuário dentro do veículo. O paciente que chega no estacionamento recebe os aparelhos”, ponderou o gestor.

 

Alternativas de serviços

O Creap tem adotado atendimentos via whatssapp. Os pacientes podem enviar fotos de documentação, como identidade, encaminhamento e cartão do SUS. Após isso, é feito uma triagem por ligação ou videochamada.

Com a avaliação dos profissionais da Saúde, o paciente é direcionado para uma das clínicas da rede estadual.

Também tem sido utilizado o teleatendimento via videochamada com uma anamnese criteriosa. Em casos mais delicados, é feito o atendimento presencial no Creap com todos os cuidados necessário de prevenção ao novo coronavírus.

 

Por: Jorge Abreu .Colaboradores: Cláudia Cavalcanti  / Foto: André Rodrigues/Sesa

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Sade