MUNICÍPIO INICIA VACINAÇÃO CONTRA SARAMPO EM TRÊS PONTOS COMERCIAIS DA CIDADE

Compartilhe:





A Prefeitura de Macapá, por meio da Coordenadoria Municipal de Imunização, iniciou nesta quarta-feira, 9, a vacinação contra o sarampo nos pontos comerciais do Fortaleza, do bairro Perpétuo Socorro, Importadora Macapá e Center Kennedy. A vacinação nesses pontos é exclusiva para o público adulto de 20 a 49 anos, das 14h às 17h.

O cronograma, montado pela Central de Imunização, Estratégia Saúde da Família e Vigilância Epidemiológica, funciona de quarta a sexta-feira. Já nas UBS’s, o serviço ocorre semanalmente, das 8h às 17h (exceto as vocacionadas para o atendimento de casos de Covid-19).

“Eu estava de passagem pelo bairro e fiquei sabendo. Já tomei a vacina e estou chamando os meus parentes para fazer o mesmo”, disse a servidora pública Joanice de Melo.

Em Macapá, desde o início da campanha, foram vacinadas 63 mil pessoas. Deste total, 6.021 foram da intensificação da campanha feita em atacadões e supermercados da cidade.

“A vacina tríplice viral, além do sarampo, protege contra a rubéola e caxumba. É muito importante que os adultos se vacinem, assim como, levam as crianças nas unidades de saúde para também serem imunizadas”, destacou a coordenadora municipal de Imunização, Jorsette Cantuária.

De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica do Município, nos oito primeiros meses de 2020, 67 casos foram notificados, sendo 48 descartados, 16 confirmados e três seguem em investigação. A Prefeitura de Macapá orienta que todos os munícipes continuem mantendo os cuidados necessários de prevenção e combate ao novo Coronavírus, como o uso obrigatório de máscara e higienização das mãos.

O sarampo

É uma doença altamente contagiosa, que pode evoluir para complicações e levar à morte. Ela pode ser evitada com a vacina tríplice viral, que protege também contra a rubéola e a caxumba. Ela é aplicada aos 12 meses, com reforço aos 15 meses com a tetraviral (sarampo, rubéola, caxumba e varicela). Até os 29 anos, a recomendação é tomar duas doses do imunizante. Entre 30 e 59 anos, a pessoa deve ser vacinada uma vez. Para quem não sabe se já tomou o número adequado de doses, a orientação é se imunizar.

 

Cássia Lima

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Sade