Estrutura para atender 10 mil pessoas com o programa Mais Visão é montada no Vale do Jari


A partir desta quarta-feira, 21, a previsão é que, diariamente, sejam realizadas 200 cirurgias de catarata e de pterígio.


Pacientes interessados em agendar procedimentos podem enviar a solicitação através do WhastApp para o número (96) 99119-0429.

A partir desta quarta-feira, 21, uma estrutura montada pelo Governo do Amapá no município de Laranjal do Jari irá receber o programa ‘Mais Visão. A expectativa é realizar cerca de 10 mil cirurgias de catarata e pterígio (carne crescida) em pacientes do Vale do Jari, sul do estado, durante dois meses. 

Em parceria com a prefeitura da cidade, o espaço foi organizado onde funciona a Secretaria Municipal de Assistência Social, na Rua Liberdade, nº 804, bairro do Agreste.

A previsão é que, diariamente, sejam realizadas 100 cirurgias de catarata e 100 cirurgias de pterígio. Mais de 70 profissionais entre médicos, enfermeiros e equipe administrativa fazem parte da ação.

A estrutura conta com três salas para cirurgias, sendo uma para pterígio e duas para catarata, além de duas salas para exames e três salas para consultas pré e pós-operatórias, garantindo a qualidade e bom atendimento aos pacientes que passarem pelo programa.

Todos os pacientes devem passar pelo processo de triagem em que é verificado se ele está com covid-19. Com o resultado negativo, os exames pré-operatórios e a cirurgia são agendados para o dia seguinte ou para o mesmo dia.

Foi montada também uma sala de estabilização para atender casos de urgência e emergência para suporte aos pacientes que passarem pelos procedimentos.

Além disso, uma ambulância ficará à disposição para realizar o transporte desses pacientes para o Hospital Estadual de Laranjal do Jari (Helaja) ou para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, que é a referência de atendimento para os casos confirmados ou suspeitos de covid-19.

Como agendar?

Pacientes interessados em agendar procedimentos podem enviar a solicitação através do WhastApp para o número (96) 99119-0429.

Nos casos de catarata, é preciso enviar fotos dos documentos de identificação, CPF, cartão do SUS e laudo do médico oftalmologista comprovando a doença, caso o paciente seja maior de 50 anos o laudo não é necessário.

Para pterígio, é obrigatório o envio do laudo para todas as faixas etárias, entretanto, serão aceitos laudos expedidos por médicos de qualquer especialidade. A equipe deverá entrar em contato com a data do agendamento em até 24 horas.

Também é possível agendar pessoalmente indo até o setor de administração do Hospital Estadual de Laranjal do Jari ou indo diretamente no local onde está acontecendo o ‘Mais Visão’.

Caso seja detectado que o paciente precise passar por outros procedimentos ofertados pelo programa além de catarata e pterígio, ele será encaminhado para a unidade dos Capuchinhos, em Macapá, que é a responsável pelo tratamento de outras doenças da retina que exigem maior complexidade.

Mais Visão

O programa é fruto de uma parceria do Governo do Amapá com o Centro de Promoção Humana Frei Daniel de Samarate (Capuchinhos), e conta com recursos destinados pelo Governo do Amapá e pelo senador Davi Alcolumbre.

 

Por: Claudia Cavalcanti

 Foto: Maiane Matos

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO