Prefeito reúne com equipe da CTMac para apresentação de Planejamento Estratégico de 2022


Pautas como mobilidade ativa, transporte coletivo, segurança e fluidez nas vias de Macapá foram debatidas.


A cartilha de projetos para 2022, balanço das atividades realizadas em 2021 e a apresentação do Planejamento Estratégico 2022 foram os principais assuntos tratados pelo prefeito de Macapá, Dr. Furlan, em reunião com equipe técnica da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) nesta quarta-feira (17), na sala de reunião da prefeitura.

  •  

Na oportunidade foram debatidas assuntos como ações de Desenvolvimento da Gestão Municipal e de Desenvolvimento da Mobilidade Urbana.

Na ocasião, o prefeito foi receptivo às demandas apresentadas pela diretor-presidente da CTMac, especialmente quanto à mobilidade ativa, transporte coletivo, segurança e fluidez, nas vias de Macapá.

Entre as demandas abordadas foi apresentado o projeto para a elaboração do Plano de Mobilidade e Integração Urbana, o Plano Municipal de Logística, o Plano Municipal de Transporte Interdistrital e o Plano de Hierarquização e Manutenção Viária.

Marcilio Dantas fez uma análise das atividades já realizadas e a apresentação do plano estratégico a ser implementado nos próximos meses à frente da administração do órgão, dentre eles a Carta de Serviços, que contará com sistemas on-line disponível a população, que irá garantir celeridade nas requisições dos munícipes.

  •  

Entre as metas da CTMac está a implantação do cinturão ciclo viário com extensão de 100km, que tem o objetivo de inserir a bicicleta de maneira segura no trânsito, reequilibrando o uso dos espaços públicos urbanos.

O diretor de Trânsito da CTMac, Manoel Filho, apresentou as ações de desenvolvimento da mobilidade urbana por meio da adequação de vias e passeios públicos nos transportes coletivos, desestimulando o uso de transporte individual motorizado.

Para o diretor de Transporte, Ikaro Batista, a intenção é priorizar o transporte coletivo nas vias estruturantes da capital, tornando-os mais eficientes, ágeis e sustentáveis, por meio da adoção de faixas exclusivas e semiexclusivas e, ainda, a construção de estações de embarque e desembarque do Transporte coletivo.

Dentre as várias ações que constam na cartilha de projetos, a Companhia reforçou a necessidade de aquisição de equipamentos de proteção individual para os agentes, equipamentos de proteção coletiva, sinalização temporária, sistema de rádio transceptores digitais. Por fim, foi apresentada o projeto de construção do edifício da sede da CTMac, onde funcionará, entre outros serviços importantes, a escola pública de Trânsito.

 

Por Cristiane Mareco

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO