Time da Unifap fica em primeiro lugar no II Festival de Vôlei

Time da Unifap fica em primeiro lugar no II Festival de Vôlei

Evento ocorreu nos dias 25 e 26 de novembro, no Ginásio de Esportes da Unifap, em Macapá (AP). Torneio foi promovido pelo Projeto de Extensão Marli, que oferece atividades de esporte e lazer. 


O Ginásio Poliesportivo da Universidade Federal do Amapá (Unifap) recebeu, no último final de semana de novembro (25 e 26), times de vôlei e apaixonados pelo esporte que participaram do II Festival de Vôlei Projeto Marli. O time da Unifap consagrou-se campeão do torneio, conquistando troféu e prêmio de R$ 500. Em segundo lugar ficou o time Provedor, faturando R$ 300 de premiação mais troféu, e o terceiro lugar ficou com o time CPD, levando para casa troféu e prêmio de R$ 200.

A competição contou com a participação de sete times de vôlei, provenientes dos municípios de Macapá e Santana, e um time de docentes e acadêmicos da Unifap.

A técnica do time da Unifap, Profa. Carina Reis, ressaltou que a participação no torneio foi muito gratificante e importante na medida em que dá oportunidades para novos atletas.

 

“O evento foi aberto, então contou com a participação de times que disputam o campeonato estadual e isso foi muito interessante porque o nível técnico foi muito bom. (…) Além disso, é um incentivo para a modalidade, ainda teve a premiação em dinheiro que vamos usar para fins coletivos, então a experiência foi muito boa e, apesar de jogos muito difíceis, saímos vitoriosos”, comemorou a treinadora.

O II Festival de Vôlei foi promovido pelo Projeto de Extensão Marli, vinculado ao Programa de Formação, Aperfeiçoamento, Qualificação Profissional e Idiomas (Profid). “O projeto fecha com chave de ouro, com o festival poliesportivo na modalidade vôlei, e isso com certeza marcará a Universidade”, afirmou o coordenador geral do Profid e coordenador do projeto, Prof. Ms. Melque Lima.

 

Sobre o Projeto Marli

O projeto de extensão “Marli: esporte, lazer e cidadania” surgiu em 2020 e objetiva que jovens e adolescentes e crianças em vulnerabilidade social tenham oportunidade de desenvolver atividades esportivas por meio de três modalidades: futsal, atletismo e vôlei. O nome do projeto faz uma homenagem à docente do curso de Educação Física da Unifap, Marli Gibson.

“O Projeto Marli parte do princípio de que educação e esporte precisam caminha juntos. É necessário que pessoas de comunidades, principalmente de bairros periféricos, possam desenvolver técnicas e habilidades para o esporte e lazer. O Marli cumpre a função social da Universidade: levar e gerar oportunidades, por meio do esporte, que pode mudar vidas”, observa o coordenador do projeto, Prof. Ms. Melque Lima.

O projeto terá dez polos por todo o estado do Amapá, atendendo cerca de 1,5 mil jovens e adolescentes na faixa etária de 16 a 18 anos e o público infantil na modalidade atletismo. Saiba mais sobre o projeto em https://silvamaian715.wixsite.com/projetomarliap e no perfil oficial no Instagram: @projetomarli.

 

Sobre o Profid

O Programa de Formação, Aperfeiçoamento, Qualificação Profissional e Idiomas (Profid) é um programa de extensão e pesquisa que objetiva o diálogo permanente da Unifap com a sociedade,  na compreensão de seu papel à formação  de  uma universidade mais inclusiva e engajada,  mediante a democratização de conhecimentos,  artes, cultura e das ciências produzidas nesta  Instituição de Ensino Superior.

Em 2023, já atendeu 10 mil pessoas. Em 2024, 31 projetos vão atender quase 20 mil beneficiários em todo o estado, em projetos presenciais e remotos, na capital e nos demais municípios. São cursos, atividades esportivas, ações culturais e também iniciativas na área da saúde. Não é necessário pagar nenhuma taxa de inscrição ou mensalidade.

Serão ofertados cursos de Libras, inglês, francês, português e redação, literaturas do norte, metodologias em história e geografia, experimentos práticos na área de Física, programação em informática, engenharia para mulheres, construção civil, empreendedorismo, oficinas e artes visuais; atividades culturais como cinema nas escolas e canto, assim como esportivas nas modalidades de futsal, vôlei, atletismo, capoeira e crossfit são algumas das ações deste Programa. Ainda haverá atendimento em fisioterapia, geração de memória da arte da carpintaria por meio de documentário, produção em mídias nas aldeias indígenas.

Saiba mais em https://www2.unifap.br/profid/. Siga o Profid no Instagram: @profid_unifap.

Publicidade

Veja fotos








O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos