Dia de Campo da Piscicultura. Sebrae/ Denyse Quintas
Sebrae reune 150 produtores no Dia de Campo da Piscicultura em Pedra Branca do Amapari

Sebrae reune 150 produtores no Dia de Campo da Piscicultura em Pedra Branca do Amapari

O evento possibilitou conhecimento para melhorar a produção, aplicar novas tecnologias e fazer o manejo adequado


O Sebrae e a Prefeitura de Pedra Branca do Amapari em parceria com o Rurap, realizaram o Dia de Campo da Piscicultura, na Comunidade de São Sebastião do Cachaço, nesta quinta (10), das 8h30 às 13h. O objetivo foi promover o fortalecimento do setor no município.

Segundo a gestora do Projeto Piscicultura do Sebrae no Amapá, Ariela Paiva, a instituição incentiva as boas práticas de produção, no manejo e na qualidade de água, além da gestão da propriedade. “Tivemos duas palestras sobre Gestão e Probióticos na Piscicultura; e três momentos, chamados de Estações de Trabalho que abordaram os temas Legislação e Licenciamento Ambiental, Manejo e Qualidade de Água e Despesca e Processamento de Pescado. Esse evento foi de fundamental importância, pois possibilitou aos produtores o conhecimento de toda a cadeia produtiva da piscicultura”, explica a gestora Ariela Paiva.

 

Participantes

Mais de 150 produtores de pescado representaram as comunidades de São Sebastião do Cachaço, Centro Novo, Cachaço da Serra, Riozinho, Nova Divisão, Cachorrinho, Projeto de Assentamento de Pedra Branca, Linhas D, B, A, C, E-Comunidade de Água Fria, Xivete, Sete Ilhas, Tucano I, Tucano II, Arrependido, e Comunidade de Bom Jardim.

 

Prefeitura

O prefeito de Pedra Branca do Amapari em exercício, Marcelo Pantoja, destaca a importância dos produtores conhecerem as boas práticas na piscicultura, o processo de produção e a legislação. “A prefeitura desenvolve um Projeto de Piscicultura que estará investindo R$ 5 milhões no setor, com compra de caminhão frigorífico, Unidade de Beneficiamento de Pescado, fábrica de ração para que o produtor possa comprar ração com preço justo e para que ele possa ter um lucro maior”, disse o prefeito Marcelo Pantoja.

O proprietário do Sítio São Sebastião, no Ramal do Cachaço, em Pedra Branca do Amapari, Luis Carlos da Silva, destaca as três Estações de Trabalho sobre piscicultura. “Esse evento está sendo realizado pelo Sebrae e pela Prefeitura de Pedra Branca, e apresenta nas estações desde o início da criação de peixes, abertura de viveiros, venda desses produtos, e como se cria, enfim, tem uma grande participação das comunidades do entorno, da Perimetral Norte, da comunidade do ramal e esse evento é de grande importância para o fortalecimento da economia local, para o conhecimento das pessoas que já são empreendedoras, para quem já cria peixes e para os que querem criar”, finaliza o piscicultor Luis Carlos da Silva.

 

Programação

A Palestra Gestão para a Piscicultura, foi ministrada pelo coordenador do Escritório Regional do sebrae em Santana, Iranei Lopes; a Palestra Probióticos para a Piscicultura, foi ministrada pelo Doutor em Ciência Animal, Antônio Carlos Souza; e três momentos aconteceram na Estação Manejo, com a Engenheira de Pesca do Rurap, Ingrid Ferreira; na Estação Despesca e Processamento, com o Engenheiro de Pesca do Rurap, Francisco Pereira; e na Estação Licenciamento com os Engenheiros de Pesca da Prefeitura de Pedra Branca do Amapari, Sting Duarte e Chrislayne Moraes e o Engenheiro Ambiental Alexsandro Reis.

 

Coordenação

O Dia de Campo da Piscicultura é coordenado pela gerente da Unidade de Atendimento Coletivo – Agronegócio e Indústria do Sebrae no Amapá (UAC-Agrin), Larissa Queiroz e pela gestora Ariela Paiva.

 

Por Denyse Quintas
De Pedra Branca do Amapari/AP

Publicidade

Veja fotos

Dia de Campo da Piscicultura. Sebrae/ Denyse Quintas

Dia de Campo da Piscicultura. Sebrae/ Denyse Quintas

Dia de Campo da Piscicultura. Sebrae/ Denyse Quintas

Dia de Campo da Piscicultura. Sebrae/ Denyse Quintas

Dia de Campo da Piscicultura. Sebrae/ Denyse Quintas




O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos