Foto: Polícia Civil
Condenado por estupro e acusado por homicídio é preso

Condenado por estupro e acusado por homicídio é preso



Neste fim de semana, a Polícia Civil do Estado do Amapá, por meio do Núcleo de Capturas, em continuidade à Operação Paz, prendeu dois indivíduos no município de Laranjal do Jari, um homem de 27 anos de idade, condenado judicialmente por estupro de vulnerável; e outro homem de 38 anos de idade, acusado pela prática do crime de homicídio qualificado por motivo fútil.

De acordo com o delegado Kleyson Fernandes, coordenador do Núcleo de Capturas, a prisão do homem condenado pela prática do crime de estupro de vulnerável ocorreu no Bairro Malvinas.

“O homem foi investigado, processado e condenado criminalmente pela prática do crime de estupro de vulnerável, praticado no ano de 2020, contra sua própria enteada, à época com 9 anos de idade. Segundo apurado, esse indivíduo, por cinco vezes, abusou sexualmente da vítima. Decorrente da prática criminosa, ele foi condenado ao cumprimento de uma pena de e 8 anos, 7 meses e 4 dias de reclusão, em regime inicialmente fechado. Transitada em julgada a ação penal, foi expedido mandado de prisão em seu desfavor em 15 de Agosto do corrente ano, e, desde então, ele estava na condição de foragido” explicou o delegado.

O delegado ainda falou da segunda prisão, que ocorreu no centro de Laranjal do Jari.

“O homem preso é acusado da prática de um homicídio qualificado pelo motivo fútil, ocorrido no ano de 2007, no município de Ferreira Gomes. Após ter sido investigado e iniciada a ação penal, ele não foi mais localizado para figurar como réu e responder legalmente pelo delito que lhe foi imputado, tendo sido decretada sua prisão preventiva pelo Poder Judiciário. Após mais de 16 anos na condição de foragido, o Núcleo de Capturas, através do trabalho de inteligência e diligências, conseguiu localizá-lo e efetuar sua prisão. Embora o mandado tenha sido cumprido em área de difícil acesso, ele não apresentou resistência à ação policial”, disse Fernandes.

Os dois presos foram encaminhados à audiência de custódia.

Publicidade

Veja fotos

Foto: Polícia Civil




O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos