Reprodução internet
TJAP marca presença no 1º Encontro de Ouvidores da Justiça da Região Norte

TJAP marca presença no 1º Encontro de Ouvidores da Justiça da Região Norte



O ouvidor-geral do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargador Agostino Silvério Junior, participou, nos dias 24 e 25 de agosto, do 1º Encontro de Ouvidores da Região Norte, realizado no Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR). O evento tinha como objetivo proporcionar o diálogo entre os ouvidores da Justiça, oportunizando a reflexão sobre demandas regionais, como questões relacionadas aos imigrantes e às populações indígena e carcerária.

O aprendizado coletivo envolveu o debate sobre desafios compartilhados, como a gestão de reclamações, aprimoramento dos canais de comunicação e treinamentos. A expectativa é que, por meio do compartilhamento de conhecimento e das discussões realizadas durante o encontro, seja possível aprimorar a atuação das Ouvidorias, aumentando a transparência, a efetividade e a responsabilidade no atendimento aos cidadãos e cidadãs.

Com a realização do primeiro encontro, a expectativa é de que, após a assinatura da ata de criação da Rede de Ouvidorias Judiciais da Região Norte, o encontro continue ocorrendo em demais Estados da Região Norte.

O ouvidor-geral do Tribunal de Justiça do Amapá, Agostino Silvério, acredita que um amplo diálogo e troca de experiências – especialmente casos de sucesso – podem contribuir com todos os participantes e seus tribunais de origem. “O aprendizado, seja com acertos ou erros, é muito mais célere se aproveitarmos o tempo já empregado por nossos colegas e economizarmos o nosso, e isso também repercute em menos custos investindo no que tende a não funcionar e mais foco no investimento naquilo que traz mais retorno”, ponderou.

“A ampliação da transparência ativa de nossas instituições e da acessibilidade a todos os públicos – incluindo os mais vulneráveis, os com menos recursos e os que residem mais distante das comarcas e postos avançados – sempre deve ser o alvo de nossos esforços, e um atuação em rede pode potencializar estes esforços”, concluiu o magistrado.

Também participaram do encontro: o presidente do TJRR, desembargador Jésus Nascimento; o ouvidor-geral de Justiça do TJRR, desembargador Erick Linhares; o ouvidor-geral do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO), desembargador Álvaro Kalix Ferro; a ouvidora-geral do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), desembargadora Rosi Maria Gomes de Faria; o presidente do Colégio de Ouvidores, desembargador Altair de Lemos Júnior; o ouvidor-geral do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargador Júnior Alberto Ribeiro; o ouvidor-geral do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Abraham Peixoto Campos; e o ouvidor-substituto do Tribunal de Justiça de Tocantins (TJTO), desembargador Adolfo Amaro Mendes.

Publicidade



O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos